Exposição sobre o legado arquitetônico de Le Corbusier é inaugurada no Museu da Casa Brasileira

EventoPresencial

SegmentosArtes Visuais

Data 22/07/2022 a 25/09/2022

Horário 10:00 às 18:00

Funcionamento De terça a domingo, das 10h às 18h, com exceção da sexta-feira, que tem horário estendido até 22h

Local Museu da Casa Brasileira- Av. Brig. Faria Lima, nº 2705 - Jardim Paulistano - São Paulo - SP

Classificação Indicativa Livre

Valores R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada)

Site https://mcb.org.br/pt/

Ingressos Entrada gratuita às sextas-feiras

Acessibilidade

  • Sem informações

Programação sujeita a alteração (confirmar data e horário no site do organizador)

O Museu da Casa Brasileira, instituição administrada pela Fundação Padre Anchieta, acolhe a exposição ‘Le Corbusier – A arquitetura moderna declarada Patrimônio da Humanidade’, realizada pela Embaixada da Suíça no Brasil e o Consulado Geral da Suíça em São Paulo, em colaboração com a Fundação Le Corbusier e a Unesco. 

A exposição, que ficará em cartaz no Museu de 22 de julho a 25 de setembro, comemora os seis anos da inscrição de 17 obras de Le Corbusier no Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco, apresenta o trabalho do arquiteto suíço considerado o fundador da arquitetura moderna.

Os painéis de tecidos com estampas das 17 obras foram especialmente produzidos para a mostra no Museu da Casa Brasileira, que retrata temas transversais como: Le Corbusier e arquitetura moderna brasileira, Patrimônio Mundial da Humanidade numa perspectiva contemporânea, sustentabilidade, inovação e educação. 

Para o Embaixador da Suíça no Brasil, Pietro Lazzeri, a exposição apresenta a história de um dos mais importantes arquitetos e urbanistas do século 20, e trata da importância da arquitetura moderna como patrimônio da humanidade e das influências recíprocas entre os grandes nomes da arquitetura suíça e brasileira até os dias de hoje. A mostra se torna ainda mais relevante ao ser inaugurada no Museu da Casa Brasileira, local de referência para a arquitetura, habitação e design brasileiros, disciplinas que fazem parte de um diálogo histórico entre a Suíça e o Brasil. Uma excelente oportunidade de difundir ao grande público os princípios da arquitetura moderna, tão importantes para a identidade cultural de nossos países.

“Essa será uma ótima oportunidade para que todos possam conhecer o legado arquitetônico de Le Corbusier, cuja experimentação técnico-artística revolucionou a arquitetura no século 20”, comenta Giancarlo Latorraca, diretor técnico do MCB. Já para José Roberto Maluf, presidente da Fundação Padre Anchieta, que administra o Museu da Casa Brasileira, essa é mais uma parceria de sucesso. “Estamos felizes em apresentar as obras de um arquiteto que se tornou uma das figuras mais importantes da arquitetura e um grande influenciador na formação da geração modernista de arquitetos brasileiros”, finaliza. 

Dentre as obras consagradas pela Unesco, os visitantes conhecerão projetos de Le Corbusier espalhados por sete países do mundo, em quatro continentes, como a Casa orla Lago Léman, em Corseaux/Suíça; a Casa Guiette, em Antuérpia/Bélgica; o Conjunto Residencial Frugès, em Pessac/França; o Complexo Governamental, em Chandigar/Índia e o Museu Nacional de Arte Ocidental, em Tóquio/Japão.

Com leitor QR do celular e um painel interativo em LED, o público poderá realizar uma visita virtual em 3D às maquetes de duas obras apresentadas na mostra – Casa orla Lago Léman e Casa Savoye – e também acessar sites como da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), da Fundação Le Corbusier e outros, com informações complementares ao conteúdo da exposição.

Depois de São Paulo, a exposição seguirá em itinerância por outras cidades brasileiras até 2023.

Organização:

+Programação