Transparência

A Agenda Tarsila tem produção e gestão da Amigos da Arte, uma organização social que há quinze anos difunde e fomenta a arte e a cultura no Estado de São Paulo. Nossa trajetória é marcada por qualidade técnica, artística e de governança, que se refletem na forma como gerimos equipamentos, programas e festivais artístico-culturais.

As ações da Amigos da Arte são viabilizadas sobretudo por meio da parceria com o Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de São Paulo. A solidez do trabalho da organização só é possível porque articulamos uma vasta rede que mobiliza artistas, gestores municipais, produtores, empreendedores, prestadores de serviço, fornecedores, especialistas e o nosso corpo técnico. É esse diverso conjunto de elementos que permite que a Amigos da Arte colabore e fortaleça a cadeia produtiva da capital, interior, litoral e região metropolitana do Estado de São Paulo.

Nos últimos tempos estamos atuando de maneira cada vez mais descentralizada e capilarizada, fortalecendo nossa parceria com os diversos municípios, impulsionando a produção cultural dos territórios paulistas, além de reforçar nossos princípios de transparência e republicanismo. Tudo isso faz com que as ações da Amigos da Arte sejam cada vez mais relevantes; o que gera um número maior de pessoas impactadas.

Valorizar a diversidade artístico-cultural paulista, oferecer grandes experiências para o público, democratizar o investimento em cultura e descentralizar ações de fomento são as nossas vocações. É o que estivemos fazendo nos últimos quinze anos e é o que seguiremos fazendo sempre.

Equipe

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Governador Do Estado De São Paulo
João Doria

Vice-Governador Do Estado De São Paulo
Rodrigo Garcia

Secretário Da Cultura E Economia Criativa Do Estado De São Paulo
Sérgio Sá Leitão

Secretária Executiva Da Cultura E Economia Criativa Do Estado De São Paulo
Cláudia Pedrozo

Chefe De Gabinete Da Cultura E Economia Criativa Do Estado De São Paulo
Frederico Mascarenhas

Coordenador Da Unidade De Difusão Cultural, Bibliotecas E Leitura
Christiano Lima Braga

AMIGOS DA ARTE
Organização Social de Cultura

CONSELHO ADMINISTRATIVO

José Gregori
Presidente

Ananda Stucker, Christiana Tess, Karla Mendes, Luiz de Alencar Lara, Luiza Gottschalk, Maria Herminia Penteado Pacheco e Silva Moccia, Paulo Bilyk e Tadeu da Fonseca Jungle
Conselheiros

CONSELHO FISCAL

Antonio Carlos Bonini Santos Pinto, João Otávio Pinheiro Olivério e Natanael de Souza Oscar
Conselheiros

DIRETORIA

Danielle Barreto Nigromonte
Diretora Geral

Gláucia Vanini Costa
Diretora Administrativa Financeira

José Mauro Gnaspini
Diretor de Arte e Cultura

SUPERINTENDÊNCIA

Dyra Oliveira
Superintendente Técnica

PRODUÇÃO EXECUTIVA

Fernanda Prete Bento
Maria Lyra Bulcão
Marília Tapajóz

PRODUÇÃO TÉCNICA E ARTÍSTICA

Alex Flavio de Sousa, Everton Da Silva Máximo, Gabriel Galasi Guimil, Geraldo Neto, Janaina do Nascimento, Kelli Cristina Garcia da Silva, Marlon Bonifácio Mendes, Paola Valentina Xavier dos Santos
e Victor Beu Vertullo

COMUNICAÇÃO

Kiko Azevedo
Gerente de Comunicação

Bruna Provazi, Emilio Rogê, Juliana Ferraz Augusto, Rafael Akio

DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

Ananda Stucker
Gerente de Desenvolvimento Institucional

Bárbara Correia Silva, Carolina Rocha, Joseph Azevedo, Juliana Serette e Vanessa Sae Iañez

ADMINISTRAÇÃO

Ana Paula Diniz Nogueira, Benedito Ferreira do Nascimento, Bruna Pardim Vieira, Carlos Roberto Alves Chaves, Cidália de Sousa Coelho, Claudia Nascimento, Christiane Vieira da Silva, Cristiane Palmeira Passos, Danielle Karoline de Melo Pereira, Diego Senoguchi dos Santos, Eliane Zaneti Amaral, Fabio Flores, Gisele Sant’ana, Ida Cristina Sarlo Laiber, Italo Henrique de Sousa, Laryssa Claret dos Santos, Livia Feitoza Lopes do Carmo, Luciana Mota Gualberto, Marcelo Nunes Carvalho, Patrícia Dias, Paula Barros dos Santos, Rosana da Costa Vasconcellos, Rosemeire Alves da Costa, Samuel Mendes da Silva, Shirley Freitas Nozaki e Tatiana Ricci Curimbaba de Paula.

TEATRO SÉRGIO CARDOSO e TEATRO DE ARARAS

Adjanilson Rodrigues Batista, Alam Medison da Costa Dos Santos, Douglas Chinaglia, Luciana Esteves, Marcelo Zore, Márcio Donizete da Silva, Marcio Gallacci Pereira, Maria Audilene de Freitas, Mauricio Alves Freire, Natasha Caroline Araujo e Ricardo de Jesus Leite

Amigos da Arte – Organização Social de Cultura

Este projeto tem gestão e produção da Amigos da Arte, uma organização social que há mais de quinze anos difunde e fomenta a arte e a cultura no Estado de São Paulo. Nossa trajetória é marcada por qualidade técnica, artística e de governança, que se refletem na forma como gerimos equipamentos, programas e festivais artístico-culturais.

As ações da Amigos da Arte são viabilizadas sobretudo por meio da parceria com o Governo do Estado e a Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de São Paulo. A solidez do trabalho da organização só é possível porque articulamos uma vasta rede que mobiliza artistas, gestores municipais, produtores, empreendedores, prestadores de serviço, fornecedores, especialistas e o nosso corpo técnico. É esse diverso conjunto de elementos que permite que a Amigos da Arte colabore e fortaleça a cadeia produtiva da capital, interior, litoral e região metropolitana do Estado de São Paulo.

Nos últimos tempos estamos atuando de maneira cada vez mais descentralizada e capilarizada, fortalecendo nossa parceria com os diversos municípios, impulsionando a produção cultural dos territórios paulistas, além de reforçar nossos princípios de transparência e republicanismo. Tudo isso faz com que as ações da Amigos da Arte sejam cada vez mais relevantes; o que gera um número maior de pessoas impactadas.

Valorizar a diversidade artístico-cultural paulista, oferecer grandes experiências para o público, democratizar o investimento em cultura e descentralizar ações de fomento são as nossas vocações. É o que estivemos fazendo nos últimos quinze anos e é o que seguiremos fazendo sempre.

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER

O que são OS’s?

A figura institucional da organização social (OS) foi criada no Brasil em 1998, por meio da Lei Federal nº 9.637, com o intuito de viabilizar a execução de atividades não exclusivas do Estado por organizações da sociedade civil. Essa lei estabelece que o Executivo pode qualificar como organização social a pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, cujas atividades sejam dirigidas ao ensino, à pesquisa científica, ao desenvolvimento tecnológico, à proteção e preservação do meio ambiente, à cultura e à saúde.

A entidade qualificada como organização social pode concorrer em convocações públicas para o recebimento de dotações orçamentárias, permissões de uso de bens móveis ou imóveis e isenções fiscais para a execução de ações pactuadas no Contrato de Gestão – instrumento que rege a parceria entre o Estado e a organização social.

No Estado de São Paulo, a qualificação de entidade como organização social foi regulamentada pela Lei Complementar nº 846/1998, originalmente para atividades dirigidas à saúde e à cultura. A abrangência do modelo foi ampliada com a Lei Complementar nº 1.243/2014, ao estabelecer que o título de organização social pode ser outorgado pela Administração Pública à entidade privada sem fins lucrativos que realize atividades dirigidas à saúde, à cultura, ao esporte, ao atendimento ou promoção dos direitos das pessoas com deficiência, ao atendimento ou promoção dos direitos de crianças e adolescentes, à proteção e conservação do meio ambiente e à promoção de investimentos, de competitividade e de desenvolvimento.

Qualificação da Amigos da Arte como Organização Social

As organizações sociais de cultura são instituições não-governamentais, associações ou fundações de direito privado e sem fins lucrativos que atuam na área cultural, qualificadas a partir de critérios definidos em lei para atuar em parceria com o governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura, na gestão de seus programas culturais, equipamentos e grupos artísticos. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado vem adotando esse modelo de gestão em parceria com organizações sociais de cultura desde 2004.

Veja nossa qualificação aqui

O que é Contrato de Gestão?

Contrato de Gestão é o instrumento jurídico que institui e disciplina a parceria entre o Poder Público e uma entidade qualificada como Organização Social, para a execução de atividades de interesse social e utilidade pública. Esse instrumento estabelece atribuições, responsabilidades e obrigações de parte a parte, com o montante de recursos disponíveis para execução do plano de trabalho, as metas de desempenho e as formas de avaliação. Desde 2004, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo vem adotando esse modelo para a gestão de seus programas culturais, equipamentos e grupos artísticos em parceria com Organizações Sociais de Cultura.

O ciclo de vida de um Contrato de Gestão é constituído por três fases:

(1) Convocação Pública;
(2) Gestão do Contrato; e
(3) Encerramento do Contrato.

A Convocação Pública explicita os critérios adotados para o processo de seleção da Organização Social de Cultura parceira, bem como os referenciais necessários à elaboração da proposta técnica e orçamentária. A Gestão do Contrato, iniciada logo após a celebração do Contrato de Gestão, inclui a elaboração do plano anual de trabalho e a prestação de contas pela Organização Social, por meio de relatórios de atividades trimestrais e anuais. Por fim, o ciclo é encerrado ao término do Contrato de Gestão.

Confira o contrato de gestão vigente da Amigos da Amigos da Arte aqui

+Programação